Share

×

Locução em língua estrangeira para audiovisual

A importância de um locutor nativo em audiovisuais.

Imagine só, cai na sua timeline um vídeo de uma marca gringa, que está pretendendo entrar no mercado brasileiro, imagens bem produzidas, começa a trilha… Perfeita. Entra a locução e… O locutor é um mexicano se esforçando para falar um bom português, ou americano arranhando nossa língua. No mínimo cômico, né?! Continue lendo →

Acessibilidade; técnicas para audiodescrição

Incluir audiodescrição pode parecer simples, mas requer sensibilidade.

Audiodescrição é o meio de contar uma história no formato audiovisual para uma pessoa com deficiência visual. Uma locução é inserida, descrevendo cenas e colaborando para o entendimento da história, evitando sobrepor diálogos ou interferir nos efeitos sonoros e musicais e eventualmente é ligeiramente adiantada ou atrasada em relação a cena. É a imagem pelo som… Ver com os ouvidos.    Continue lendo →

Curta ‘Cadê o Circo?’ estréia hoje no Ordovás

Quarta tem estreia no Cinema do Ordovás, é a vez do curta Cadê o Circo? Curta independente com nossa captação, gravação da trilha sonora, foley e mixagem.

Publicado por SONA – o som das ideias em Segunda, 21 de agosto de 2017

 

Dois palhaços abandonados pelo circo embarcam em uma jornada na qual encontram personagens inusitados em diferentes lugares. Essa é a temática da peça de teatro Cadê o circo?, que chega agora às telas da Sala de Cinema Ulysses Geremia (Rua Luiz Antunes, 312, Caxias do Sul), como curta. A história encenada pela Cia Garagem de Teatro foi roteirizada por Pedro Nora, e a sessão tem início às 19h30min de hoje. A entrada é gratuita.

A SONA foi responsável pela captação, foley, gravação da trilha sonora, edição e mixagem. Continue lendo →

‘Viver, Experimentar e Sentir’ é premiado no FIACULT

O vídeo promocional do Roteiro Termas e Longevidade nominado “Viver, Experimentar e Sentir” ficou classificado em terceiro lugar no Festival Internacional Audiovisual de Cultura e Turismo – FIACULT, na categoria Destinos: países, cidades e municípios.  O vídeo apresenta, em formato de curta metragem, as experiências proporcionadas pelo roteiro composto pelos municípios de Veranópolis, Vila Flores, Cotiporã, Protásio Alves e Nova Prata. Continue lendo →

Estamos entre os melhores, Eureka 2016!

Ao longo do ano, tanto a Rádio Maisnova 98,5 FM quanto a Rádio São Francisco SAT AM de Caxias do Sul, escolhem o melhor comercial que veiculou em cada emissora mês a mês.

No final do período um júri formado por profissionais das rádios e outros ligados a música, ao ensino e a produção musical escolhem o melhor comercial que veiculou em cada emissora e entre os 24 materiais escolhemos o melhor do ano que ganha o Grand Prix.

A SONA está concorrendo com três peças, duas em parceria com a Agência Positiva e uma com a Alvo Global.

Só clicar aqui e votar.

Leia mais

Confira aqui nossa coleção em produção de áudio para cinema e música.

 

–           Trilha sonora, foley, dublagem, edição e mixagem para o curta-metragem Invisível de Filipe Ferreira (Procine). (Porto Alegre, 2017)

 

–           Captação, trilha sonora, edição e mixagem para o documentário Viver e Acreditar (Trajetória de Raul Randon) de Maicon Dewes e Pedro Ledmar (Metamorfose Filmes). (Caxias do Sul, 2017)

 

–           Captação, trilha sonora, foley, edição e mixagem para o documentário Casarão Veronese de Lissandro Stalivieri  (Spaghetti Filmes). (Caxias do Sul, 2017)

 

–           Captação, gravação da trilha sonora, edição e mixagem para o curta-metragem Cadê o Circo de Cristian Beltrán. (Caxias do Sul, 2017) 

 

–           Gravação, produção, mixagem e masterização do álbum Velho de Guerra, projeto homônimo de Gildo Naibo. (Flores da Cunha, 2017)

–           Gravação, produção, mixagem e masterização do álbum Três, do músico Christian Inácio. (Porto Alegre, 2017).

–           Audiodescrição para série [Des]iguais, Gesto de Cinema. (Curitiba, 2017)

 

–           Gravação, produção, mixagem e masterização do álbum Transbordando Nós, do músico Ricardo Mabília. (Flores da Cunha, 2016)

–           Gravação, produção, mixagem e masterização do álbum Só em você, da dupla William e Rosi. (Flores da Cunha, 2016)

–           Audiodescrição para série Vento Sul, Transe Filmes. (Caxias do Sul, 2016).

 

–           Gravação, produção, mixagem e masterização do álbum Velho Nariz, da banda Hábitos Groove. (Flores da Cunha, 2016)

–           Captação, dublagem, edição e mixagem para o curta-metragem Um Cara de Confiança de Le Daros. (Caxias do Sul, 2016)

 

–           Trilha sonora, foley, edição e mixagem para o curta-metragem O Movimento do escuro de Alexandre Rossi. (Porto Alegre, 2015)

Melhor trilha sonora – Certame estadual, no 4º Cineserra (Caxias do Sul, 2016)

Menção honrosa pelo desenho de som – Festival de Audiovisual de Belém (Brasil, 2015)

Melhor direção – The monthly film festival – August edition (Glasgow, Reino Unido, 2015)

Melhor filme de drama – Short of the month – August edition (Mumbai, India, 2015)

Melhor atriz – Short of the month – August edition (Mumbai, India, 2015)

Melhor curta-metragem internacional – Festival Colchagua Cine (Chile, 2015)

Selecionado em aproximadamente 40 festivais no mundo todo, incluindo no Short Film Corner no 68º Festival de Cannes

 

–           Trilha sonora, captação, foley, edição e mixagem para o curta Faixa Bônus, de Jorge de Jesus. (Caxias do Sul, 2015)

 

–           Produção, gravação, mixagem e masterização do álbum Sistema Acadêmico de Lucas Tonet. (Flores da Cunha, 2014)

 

–           Gravação, mixagem e masterização do álbum Faz o Tempo Parar de Christian Inácio Vogt (2014)

 

–           Gravação, mixagem e masterização do álbum Nem que pra tocar eu pague da banda Blue Label (2014).

 

–           Foley, edição de som, mixagem e trilha sonora para o curta O primeiro Raio de Sol (Caxias do Sul, 2013), de Lissandro Stallivieri / Spaguetti Filmes.

O Primeiro Raio de Sol from Spaghetti Filmes on Vimeo.

 

–           Produção de cinco faixas do Ep Coisas que vivo sem viver de Ricardo Mabilia. (Flores da Cunha, 2013).

 

–           Gravação do projeto eletrônico Eleven All – com destaque para  remix de U2 (Guz Zanotto e Leo Z feat Eleven All) entre as mais pedidas da Atlântida SC. (Caxias do Sul, 2012)

 

–           Produção de três faixas do Ep Sem Razão da banda Hábitos Groove (Flores da Cunha, 2012).

 

–           Produção e gravação de duas faixas da Dones Primata (Caxias do Sul, 2012).

 

–           Trilha sonora para o curta Lá Longe, de Juliano Carpeggiani, selecionado para o projeto Histórias Curtas 2011 da RBS TV, com indicação ao prêmio de melhor trilha sonora. Vencedor do 10º Festival Internacional de Cinema Infantil como Melhor Filme Teen de 2012. O filme também venceu o 5º Prêmio Brasil de Cinema Infantil e foi exibido no Canal Brasil.

 

–           Produção, edição e mixagem do compacto Depois das Seis (2010), da banda Hábitos Groove.

 

–           Edição de som, foley e mixagem do curta-metragem Quando o tempo da reflexão acabar, de Vinícius Guerra. (Caxias do Sul, 2009) (selecionado para a Mostra Gaúcha 2010 no Festival de Cinema de Gramado).

 

–           Edição de som, mixagem e trilha sonora  para o média-metragem Volume Um! Em bom som , de Jorge de Jesus. (Caxias do Sul, 2009)

Volume Um! Em bom som from Leandro Badalotti on Vimeo.

 

–           Edição de som e mixagem para o média-metragem Novos Imigrantes, de Leandro Badalotti. (Caxias do Sul, 2008)

Novos Imigrantes from Leandro Badalotti on Vimeo.

 

–           Foley, edição de som e mixagem para o curta-metragem animação Sigmund, de Vanessa Remonti. (Caxias do Sul, 2008)

 

–           Edição de som e mixagem dos curtas participantes do Astro – Festival de Cinema Estudantil (Flores da Cunha, edições 2007, 2008 e 2009 – 36 curtas no total).

 

–           Edição de som e mixagem de sete dos doze curtas/documentários integrantes da série Vindima da Imagem, projeto de produção cinematográfica da União Européia realizado no Brasil. Criação da música tema da série e vinheta oficial do NPAV (Núcleo de Produção Audiovisual). Destaque para o curta O País da Cocanha – Vencedor do VII Edizione – 2011 Perugia, Itália como Selezione Ufficiale Memorie Migranti e Seleção Oficial – Mostra Brasil Real  no XVI Festival de Cinema Iberoamericano de São Paulo.

SONA

Nós da SONA, somos apaixonados pela ideia de ver e sentir com os ouvidos. Entendemos que o som pode contar uma história e colaborar muito em conjunto com uma imagem.

Audiodescrição, edição e mixagem para documentários e curta-metragem, trilha sonora, foley, dublagem, gravação e produção de música. Também atuamos em áudio para publicidade; jingle, spot, vinheta cantada, locução, locução estrangeria (locutores nativos), trilha para audiovisual, espera telefônica e desenho de som.

SONA, som para filmes e música.

Para saber mais e orçamentos:

E-mail

1, 2… Som, teste de som. Con-ta-to.

Mande sua mensagem por aqui e se preferir ligar; 54 3292 5738.

Nome

E-mail

Assunto

Qual é a ideia?