Curta ‘Cadê o Circo?’ estréia hoje no Ordovás

Quarta tem estreia no Cinema do Ordovás, é a vez do curta Cadê o Circo? Curta independente com nossa captação, gravação da trilha sonora, foley e mixagem.

Publicado por SONA – o som das ideias em Segunda, 21 de agosto de 2017

 

Dois palhaços abandonados pelo circo embarcam em uma jornada na qual encontram personagens inusitados em diferentes lugares. Essa é a temática da peça de teatro Cadê o circo?, que chega agora às telas da Sala de Cinema Ulysses Geremia (Rua Luiz Antunes, 312, Caxias do Sul), como curta. A história encenada pela Cia Garagem de Teatro foi roteirizada por Pedro Nora, e a sessão tem início às 19h30min de hoje. A entrada é gratuita.

A SONA foi responsável pela captação, foley, gravação da trilha sonora, edição e mixagem.

Elenco: Paulo Macedo, Janio Nunes, Marcelo Casagrande, Sandro Martins, Odelta Simonetti, Luis da Luz e Tiago da Luz.

Direção | Cristian Beltrán
Roteiro | Pedro Nora
Produtor Executivo | Janio Nunes
Diretor de Arte | Paulo Macedo
Diretora de Produção | Priscila Perondi
Direção de Fotografia | Leandro Foscarini
Captação, Foley e Mixagem de som | Ricardo Mabilia
Assistente de direção | Pedro Nora
Assistente de produção | Ramon Augusto Fernandes
Foto Still | Fabiano Knopp
Trilha Sonora | Cristian Beltrán, Janio Nunes, Paulo Macedo
Estudio de Som | Sona – O Som das Ideias
Montagem | Leandro Foscarini
Tradutores I Alexandre Ferronato – Sandra Rilo Balint

Documentário ‘Viver e Acreditar’ terá sessões no Iguatemi Caxias

Documentário conta a trajetória de Raul Randon

O documentário que conta a trajetória de um dos maiores empreendedores do Brasil, o Sr. Raul Anselmo Randon, terá estreia para convidados nos dias 7 e 9 de agosto, no cinema do Shopping Iguatemi, em Caxias do Sul (RS).

A produção do doc é da Metamorfose Filmes e tem direção de Maicon Dewes e Pedro Ledmar. A SONA foi responsável pela captação, edição e mixagem, além da criação da trilha sonora, composta por Ricardo Mabilia.

 

‘Viver, Experimentar e Sentir’ é premiado no FIACULT

O vídeo promocional do Roteiro Termas e Longevidade nominado “Viver, Experimentar e Sentir” ficou classificado em terceiro lugar no Festival Internacional Audiovisual de Cultura e Turismo – FIACULT, na categoria Destinos: países, cidades e municípios.  O vídeo apresenta, em formato de curta metragem, as experiências proporcionadas pelo roteiro composto pelos municípios de Veranópolis, Vila Flores, Cotiporã, Protásio Alves e Nova Prata.

O Fiacult busca valorizar filmes e produções audiovisuais que promovam os setores do comércio, cultura e turismo. O vídeo concorreu com outros 41 inscritos de diversas regiões brasileiras e do exterior na categoria Destinos.  A pré-classificação aconteceu em Florianópolis e a final na cidade de Castel Franco / Itália, no final do mês de novembro. Conforme o regulamento, o terceiro lugar receberá um Certificado, que será enviado para Secretaria de Turismo de Veranópolis, hoje sede da coordenação do Roteiro Turístico Termas e Longevidade.

O vídeo, juntamente com os outros classificados, foi veiculado em painéis por uma semana na região do Vêneto, evidenciando a importância da participação no festival como mais uma forma de promover o turismo da região.

No ano passado, o vídeo promocional de Veranópolis ganhou o prêmio Cubo de Cristal na mesma categoria no Festival, avaliado entre 23 vídeos brasileiros e estrangeiros.

Confira o vídeo Viver, Experimentar e Sentir:

Estamos entre os melhores, Eureka 2016!

Ao longo do ano, tanto a Rádio Maisnova 98,5 FM quanto a Rádio São Francisco SAT AM de Caxias do Sul, escolhem o melhor comercial que veiculou em cada emissora mês a mês.

No final do período um júri formado por profissionais das rádios e outros ligados a música, ao ensino e a produção musical escolhem o melhor comercial que veiculou em cada emissora e entre os 24 materiais escolhemos o melhor do ano que ganha o Grand Prix.

A SONA está concorrendo com três peças, duas em parceria com a Agência Positiva e uma com a Alvo Global.

Só clicar aqui e votar.

SONA recebe prêmio de Melhor Trilha Sonora no CineSerra 2016

A SONA – o som das ideias, produtora de Flores da Cunha, no 4ª CineSerra. A premiação foi anunciada no domingo, durante cerimonial realizado no Teatro do SESC. A produtora recebeu o prêmio de Melhor Trilha Sonora, pelo curta O Movimento do Escuro, de Alexandre Rossi. A trilha foi composta pelos músicos Daian Gobbi, Ricardo Mabilia e Rodrigo Marcon.
É o segundo prêmio da SONA com o curta, o primeiro foi Menção honrosa pelo desenho de som – Festival de Audiovisual de Belém (2015) e o curta acumula os prêmios Melhor direção – The monthly film festival – August edition (Glasgow, Reino Unido, 2015), Melhor filme de drama – Short of the month – August edition (Mumbai, India, 2015), Melhor atriz – Short of the month – August edition (Mumbai, India, 2015), e Melhor curta-metragem internacional – Festival Colchagua Cine (Chile, 2015) além de exibições em mais 30 festivais espalhados pelo mundo, com destaque para o 68º Festival de Cannes – Short Film Corner (França, 2015) e mostra competitiva do 43º Festival de Cinema de Gramado – Mostra Gaúcha de Curtas (Brasil, 2015).
Ficamos duplamente felizes com o prêmio de 3º Melhor Videoclipe para Amore – The Tarentinos, com direção de Juliano Carpeggiani. A canção do clipe tem letra e produção de Rodrigo Marcon e música de Ricardo Mabília, com participação de Angelo ‘Mestre’ Boscarini, Taisa Verdi e Gabi Appilt.

O diretor Alexandre Rossi recebeu o prêmio em nome da SONA.

O diretor Alexandre Rossi recebeu o prêmio em nome da SONA.

Hábitos Groove lança Velho Nariz

Álbum de 11 faixas é o quarto da banda

Foto: Juliano Carpeggiani Ator e clown: Paulo Macedo

Foto: Juliano Carpeggiani
Ator e clown: Paulo Macedo

Depois de navegar pelas balançadas ondas do groove, a Hábitos Groove aporta definitivamente nas terras firmes do rock. Das experiências alcançadas em uma trajetória de 10 anos, surge Velho Nariz, em 11 faixas. O álbum já está disponível para ser ouvido em todas as plataformas streaming.

Quarto álbum independente da Hábitos Groove, Velho Nariz é um disco de rock, com riffs de guitarra setentistas e uma pegada eletro-rock anos 80 na bateria e no baixo. De sonoridade crua, vocal feminino forte e expressivo, e letras que alternam firmeza e empatia, revolta e compreensão, sobre as dores e sofrimentos do cotidiano, Velho Nariz mostra uma faceta mais rock e direta da banda.

O nome do álbum, assim como a capa são inspirados na faixa homônima que abre o disco. “Até quando vamos ficar aqui sentados com o velho nariz de palhaço?”, questiona a canção escrita pelo guitarrista Naza, em uma cobrança por atitudes em relação as mudanças sociais que queremos. A fotografia da capa tem a assinatura do diretor e produtor audiovisual, Juliano Carpeggiani, e traz um palhaço desiludido com o circo, mas ao mesmo tempo ainda encorajado a transformá-lo; protagonizado pelo ator e clown Paulo Macedo. A produção musical e a gravação foram realizadas na Sona.

A Hábitos Groove surgiu em Flores da Cunha, RS, no ano de 2006 para livre expressão de seus integrantes: Marcon (bateria), Naza (guitarra), Diego Nice Guy (guitarra), Ticho (baixo) e Shamila (vocal). Desde o início, a mistura de poesias e sonoridades dos músicos origina suas músicas autorais. Mais informações e contatos com banda podem ser realizados pelas redes: Facebook e Instagram.

Rede nacional

A Hábitos Groove divulga seu novo trabalho no programa Rede Janela Futura, exibido no dia 5 de agosto às 18h30min pela UCSTV e no dia 7 de setembro, às 23h30min pelo Canal Futura. No programa, que terá como tema Alimentos Artificiais, a banda participa do bate-papo e apresenta algumas músicas que fazem parte do novo álbum. Na UCS TV, o programa reprisa no sábado, dia 6 de agosto, às 11h30min e 19h, e na segunda, dia 8, às 11h30min. No Futura o programa tem repeteco no dia 11 de setembro, às 18h30min, e no dia 12 de setembro, à meia-noite. A UCSTV possui 11 repetidoras na região da Serra Gaúcha, com uma amplitude alcançando mais de 1 milhão de habitantes. O Canal Futura apresenta abrangência de alcance de mais de 94 milhões de brasileiros.

Onde ouvir

iTunes™

Spotify

Google Play

Deezer

Amazon MP3

SONA é premiada em Belém

O-movimento---Fab

Entre mais de 370 obras inscritas na terceira edição do Festival de Audiovisual de Belém – FAB 2015, a SONA recebeu destaque com menção honrosa pelo desenho de som do curta O Movimento do Escuro.

Apesar de não possuir patrocínio para poder premiar os participantes, o Festival concede menções honrosas às obras que se destacaram na avaliação da curadoria e da comissão organizadora.

Confira a lista dos premiados aqui.

O-movimento---Pioneiro

Reprodução Jornal Pioneiro 10/11/15

O-movimento---Florense

Reprodução Jornal O Florense 13/11/15

Série Vindima da Imagem encerra temporada na TV Escola

Atendendo a pedidos, a série Vindima da Imagem, projeto de produção cinematográfica da União Européia realizado no Brasil que trata dos imigrantes italianos que chegaram no Brasil no início do século XX, vai ao ar na TV Escola de segunda a sábado de 29 fevereiro a 5 março, nos horários das 11h30, com reprise às 15h30.

À SONA, coube a edição de som e mixagem de sete dos doze curtas/documentários integrantes da série, além da criação da música tema da série. Destaque para o curta O País da Cocanha, de Juliano carpeggiani – Vencedor do VII Edizione – 2011 Perugia, Itália como Selezione Ufficiale Memorie Migranti e Seleção Oficial – Mostra Brasil Real no XVI Festival de Cinema Iberoamericano de São Paulo.

Confira as datas:

29/FEV – Segunda – Deus Abençoe Nosso Lar
01/MAR – Terça – Eu Te Abençoo Vida, Eu Te Abençoo
02/MAR – Quarta- O País Da Cocanha
03/MAR – Quinta – Porta El Progresso
04/MAR – Sexta – Sabores De Armelinda
05/MAR – Sábado – Vida Na Colônia